Reflexão

"Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo." Paulo Freire

terça-feira, 8 de maio de 2012

13 de Maio - Dia das Mães




        Para todas as mulheres,

            que entendem de choro, noites mal dormidas, vigílias, roupa no varal, colo, sonhos, angústias, medos, renúncia, sofrimento, bolo com velinhas, remédios, cama quentinha, esperança, orações, desenhos no papel, recados amorosos, reprimendas, doação, festa de aniversário, jardim zoológico, cadernos enfeitados, lições por fazer, momentos de dizer “não”, fantasia, brinquedos, hora de almoçar, afeto, vínculo, choro, alegria, tristeza, felicidade, acalanto, desespero, amor sem fim...
            A você: mãe, filha, avó, educadora, profissional que entende que Mãe é quem cuida, educa e prepara para a vida, sempre com coragem e capacidade infinita de amar.

Ana Lúcia Tavares
Coordenação de Formação Continuada
 SMEC


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget